Observatório do Setor

As atividades de perfuração no Brasil aumentaram rapidamente na década passada, mas decresceram a partir de 2012, apesar dos preços do petróleo estarem no patamar mais elevado para época. Entre 2017 e novembro de 2019, o Brasil teve uma média de 13 sondas. O planejamento de um calendário de rodadas de licitações a serem realizadas periodicamente é uma das soluções para garantir a manutenção da atividade exploratória no País. A adoção de um calendário de longo prazo, previsível, contínuo e transparente de rodadas de licitações, permite o planejamento das companhias quanto a sua alocação de recursos.