Agenda

Confira a agenda dos dois dias de evento:

28 de Maio

08:00 | 09:00 – Credenciamento

 

09:00 | 10:00 – Sessão e Palestra de Abertura: Instrumentação e automação como ferramentas para competitividade

Objetivo: Num cenário de intensa competitividade entre as nações e as organizações, iniciativas que promovam a competitividade das empresas possuem relevância estratégica para todos envolvidos. O Congresso Rio Automação trará informações atualizadas sobre como adotar a tecnologia para aumento da competitividade.

 

Cerimônia de Abertura:

– André Clark Juliano – CEO – Siemens Brazil

– Paulo Dias – Presidente do Congresso Rio Automação

 

Palestrantes convidados:

– Augusto Borella – Gerente Geral de Transformação Digital – Petrobras

Daniel Michilini Carocha – Lean Six Sigma & Digital Innovation & Acceleration Leader

 

10:00 | 10:30 – Intervalo para café

 

10:30 | 12:10 – Sessões Técnicas:

Mesa Diretora:

Jorge Churro – Consultor

Ulisses Pires da Silva – Gerente Negócios – EPC

 

10:30/10:50 – IBP119_19 – Controle Preditivo sob restrições aplicado a um poço operando por Plunger Lift

Autores: João Ricardo Tavares Gadelha, Jussyara Dalianne Martins Aires, André Felipe Oliveira de Azevedo Dantas – UFRN, Edson Henrique Bolonhini – Petrobras, Carlos Eduardo Trabuco Dórea, André Laurindo Maitelli – UFRN

 

10:50/11:10 – IBP123_19 – Ajuste de controlador PID por método de autossintonia baseado em estimativa de robustez

Autores: Luiz André Pontarolo, Everton José de Castro Rego, Carlos Eduardo Trabuco Dórea – UFRN

 

11:10/11:30 – IBP116_19 – Industry 4.0 e o controle de processos:  desafios para determinar o grau de automação das plantas.

Autores: Carlos Eduardo Ribeiro de Barros Barateiro – Universidade Estacio de Sá, Romulo Emerik – Emerson Process Management

 

11:50/12:10 – IBP122_19 -Determinação da produção a partir da carta dinamométrica de fundo no método de bombeio mecânico

Autores: Eliara de Melo Medeiros, André Laurindo Maitelli, Aliadine Mirelle Dantas Borges, Rhaclley Franklein Ferreira de Araújo, Thalita Leandra de Oliveira Costa – UFRN

 

12:10 | 13:30 – Intervalo para almoço

 

13:30 | 14:25 – Career ThinkTank

Objetivo: Num cenário de Transição Digital das profissões de O&G, esse painel contará com a participação de empresas líderes no mercado que apresentarão quais são suas demandas de perfis para contratação. É uma oportunidade para os profissionais e a academia identificarem quais as lacunas de conhecimentos que precisam preencher, no setor de O&G que passa pela transformação digital.

Moderador:  

– Adriano Bravo – Fundador & CEO – Petra Group Talent

Palestrantes:

– Fabiana Kepler – Diretora de Recursos Humanos – Total

– Henrique Toledo – Gerente de Recursos Humanos – Modec

– Gabrielle Botelho – Gerente de Recursos Humanos – Equinor

– Manoela Siuffo – Diretora de Recursos Humanos – BHGE

14:25 | 15:05 – RD&I Meeting

Objetivo: Discutir sobre as novas regras do Regulamento Técnico ANP Nº 3/2015, que estabelece as definições, diretrizes e normas para a aplicação de recursos a que se referem as cláusulas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. Serão apresentadas as inovações incluídas na nova versão, tais como: possibilidade de criação de Programas Prioritários com aportes voluntários de Empresas Petrolíferas decorrentes da Cláusula de Investimento em PD&I para custeio de projetos, contemplação de novos itens, como projetos de protótipos e unidades pilotos, ferramentas de TI (hardware e software), entre outros. As empresas petrolíferas apresentarão suas ideias sobre a revisão e possibilidades de investimento.

Moderador:

Alfredo Renault – Superintendente de P&DI – ANP

Debatedores:
– Eduardo Santos – Gerente de Relacionamento com a Comunidade de C&T – Petrobras
– Regis Assao – Gerente de Parcerias em P&D – Shell
– Tamara Garcia – Gerente de P&D – Repsol Sinopec Brasil

 

15:05 | 15:25 – Intervalo para café

 

15:25 | 16:40 – Painel: E&P Offshore: Desafios para a instrumentação e automação
Objetivo: O mercado traz excelentes oportunidades de negócios no segmento offshore, com novos operadores e tecnologias que podem elevar o Brasil a um patamar ainda mais elevado de representatividade Global. Neste módulo, vamos debater os desafios tecnológicos de E&P no Brasil e como a indústria 4.0, através da automação e instrumentação, pode ajudar a desenvolver as potencialidades e superar os desafios de produção.

 

Moderador:

José Guilherme – Diretor – USE

Palestrantes:
 Marcos Gomes – Engenheiro de Equipamentos Sênior – Petrobras

 Vitor Kiem – CEO – MSA Safety

 Maurício Casado – Coordenador de Medição – MODEC

 

16:40 | 18:00 – Painel: A transformação digital como ferramenta para eficiência operacional

Objetivo: A Transformação Digital está impactando todos os modelos de negócios e organizações. A aplicação de tecnologias disruptivas visando a eficiência operacional têm sido fundamentais para manter a vantagem competitiva das empresas. A Indústria 4.0 nos traz a aplicação de tecnologias de automação e instrumentação para aumentarmos a disponibilidade operacional e a produtividade. Nesta sessão vamos destacar as principais tecnologias digitais que estão impactando positivamente o setor de O&G.

Moderador: 

Victor Venâncio – Sócio Diretor de Automação, Indústria 4.0 & Transformação Digital – KPMG

Palestrantes:
– Pedro Vieira – Gerente Setorial – Petrobras

Paulo Ermida Moretti – Diretoria de Automação – Braskem

Tarcisio Romero de Oliveira – Digital Acceleration Consulting – Latin America – Aveva

– Claudio Makarovsky – Head Oil & Gas Sales – Siemens

29 de Maio

08:00 | 09:00 – Credenciamento

 

09:00 | 10:00 Painel: A transformação de uma empresa de O&G para empresa de energia

Objetivos: A demanda por energia limpa e renovável está cada vez mais presente na sociedade. Empresas sólidas em seus modelos de negócios no setor de O&G estão necessitando adaptar suas estratégias para atenderem às demandas da sociedade, reduzindo a emissão de GEE e colaborando para um planeta mais sustentável. Por outro lado, há a demanda crescente por energia e as empresas precisam estar preparadas para atender ao mercado. Este módulo debaterá como as empresas estão preparando suas estruturas organizacionais, estratégias, formação de profissionais e modelos de negócios para este novo cenário. A Automação e a instrumentação exercerão um papel vital na construção desta nova organização centrada nos clientes e na proteção do meio ambiente.

Moderador:

– Claudio Makarovsky – Head Oil & Gas Sales – Siemens

Palestrantes:

 Ruben Schulkes – Gerente de Tecnologia e Inovação – Equinor

– Isabel Waclawek – Diretora de PD&I – Total E&P do Brasil

 

10:00 | 10:30 – Intervalo para café

 

10:30 | 12:10 – Sessões Técnicas

 

Mesa Diretora:

. Dionísio de Carvalho Vieira – Consultor

. Vitor Finkel – Consultor

 

10:30/10:50 – IBP101_19 -Como a automação da industria 4.0 pode impactar na eficiência de um terminal de distribuição de combustíveis.

Autor: Luis Silberman – Silberman Engenharia e Automação

 

 

10:50/11:10 – IBP124_19 – Introdução aos métodos de detecção de vazamento externo às linhas de produção e equipamentos submarinos

Giancarlo Vilela de Faria, Gabriela Sasso – Ouro Negro

 

11:10/11:30 – IBP113_19 – Tecnologias Digitais em projetos de Automação de Sistemas de Superfície da Petrobras

Milton Simas Gonçalves Torres, Bruno Paulino Pio dos Santos, Filipe Castello da Costa Beltrão Diniz, Gerson Barboza – Petrobras

 

11:50/12:10 – IBP126_19 – A Review of Application Considerations Related to Flame Detector Mapping

Eliot Sizeland – MICROPACK, James McNay Bsc – MIFireE CFSP MIET

 

11:50/12:10– IBP121_19 – Are you building in obsolescence to mission critical infrastructure?

Autores: Ross Kennedy, Manuel Aros – QHI LTD UK

 

12:10 | 14:00 – Intervalo para almoço

 

14:00 | 15:00 – Tech Pitch:
Moderadora:
Melissa Fernandez – Gerente de Tecnologia e Inovação – IBP

Sessão 1:
Palestrante:
Rubens Arbex – Gerente de contas – Honeywell
Tema: Como a análise de Processos e Ativos e Pessoas de forma Integrada, pode contribuir para melhoria das operações.
As diversas tecnologias atuais tem transformado os negócios no ambiente industrial. Quais mudanças atuais e os principais desafios dessa revolução tecnológica? Estamos entrando em uma nova era da automação em que os sistemas de controle deixam de ter principal relevância para dar espaço à análise centralizada e conectada dos ativos, processos e pessoas dando maior confiabilidade, melhor performance e previsibilidade de falhas. Passando tmabém por princípios de Interoperabilidade, Digital Twins e Cyber segurança , neste Pitch apresentaremos de forma bem resumida os principais conceitos e benefícios desta análise integrada entre processos e ativos, interconectada com pessoas para benefícios das operações.

Sessão 2:
Palestrante:
Victor Venâncio – Sócio Diretor de Automação, Indústria 4.0 & Transformação Digital – KPMG
Tema: A automação no contexto da indústria 4.0 gerando vantagens competitivas para as organizações.
Abordaremos uma discussão sobre como as organizações podem atuar para obterem vantagens competitivas através da automação e das tecnologias aplicadas no contexto da indústria 4.0, trazendo soluções de negócios escaláveis e inovadoras. Colocaremos uma visão estratégica da automação industrial com uma abordagem mais abrangente da organização, passando pelas tecnologias aplicadas, hub de inovação e a ponte entre o chão de fábrica e a área de suporte ao negócio da empresa. Vamos elevar o nível da importância da automação nas empresas. Não seremos mais lembrados como uma parte pequena do CAPEX, mas sim, como uma área que agrega valor ao negócio e traz vantagens competitivas sustentáveis para as organizações.

Sessão 3:
Palestrante:
Felipe Krejci – Gerente nacional de vendas – MSA Safety
Tema: Novas tecnologias de Detecção de gás.

 

15:00 | 16:25 – Painel: As tecnologias da indústria 4.0 para a instrumentação de campo

Objetivo: Cada vez mais, a instrumentação de campo tem tecnologia para trazer informações além da variável de processo. A Inteligência artificial e os adventos da conectividade trazem um leque enorme de aplicações onde os recursos dos equipamentos de campo podem ser mais bem explorados pelas empresas, gerando valor a toda comunidade e melhorando o desempenho operacional das plantas industriais. Neste módulo, empresas e operadoras de produção vão compartilhar suas experiências de como podem fazer mais, usando ativos já disponíveis nas plantas industriais.

Moderador:

– Paulo Dias – Presidente – Congresso Rio Automação

Palestrantes:

– Rei Yasumuro – Project manager, Digital Transformation – Modec

Alan Ferreira – Gerente de Solução – Samson

– Ricardo Raposo – Engenheiro de Instrumentação e Automação – Chevron

 

16:25 | 16:45 – Intervalo para café

 

16:45 | 17:45 – Painel de Encerramento: O Futuro da Automação na indústria de O&G

Objetivo: Organizações em constante aprendizado, novos modelos de negócios, tecnologias exponenciais revolucionando processos e pessoas, e o cenário do mercado de energia exigindo novas alternativas de sustentabilidade compõem um futuro difícil de ser previsto. Neste painel vamos abordar como a automação e a instrumentação são fundamentais para o segmento de O&G e como a tecnologia será o fator de sobrevivência para as empresas atuantes neste segmento de mercado.

Moderador:

 Marcelino Guedes – Gerente Executivo de Proteção de Dutos – Petrobras Transporte

Palestrante:

 Carlos Tunes Sa Correia – WATSON IoT Latin America Executive – IBM

  • PATROCINADOR MASTER
  • PATROCINADOR PRATA
  • PATROCÍNIO TECH PITCH
  • APOIO
  • APOIO INSTITUCIONAL
  • APOIO DE MÍDIA