Observatório do Setor

Em janeiro de 2014, com 436 mil barris equivalentes de petróleo por dia (bep/d), a produção do pré-sal representava cerca de 17% da produção nacional. Em agosto deste ano, atingiu o ponto mais alto da série histórica, correspondendo a 63,4% da produção, com 2,4 milhões bep/d e expectativa de crescimento nos próximos anos. Por sua vez, a produção em terra e no pós-sal vem declinando há alguns anos, tornando-se necessário o fomento das atividades nessas fronteiras, de modo a recuperar o crescimento da produção e o desenvolvimento socioeconômico nas regiões produtoras e adjacentes.