Observatório do Setor

As exportações de petróleo brasileiras corresponderam, em média, a 29% da produção nacional entre 2005-2019. Entretanto, as importações, no mesmo período, corresponderam a 16%, em termos médios. Apesar de ser considerada uma commodity, cada tipo de petróleo tem qualidades distintas e assim torna-se necessária a importação de volumes para compor um blend mais otimizado para cada perfil de refinaria existente no País.  Desde 2013, todavia, a produção nacional tem crescido acentuadamente, resultando em um crescimento de 200% das exportações e queda de 53% das importações.