Observatório do Setor

Desde 1960, o Brasil produziu, ao todo, cerca de 708 bilhões m³ de gás natural. A Bacia de Campos foi a que mais contribuiu para esse volume, sendo responsável por quase 1/3. Por outro lado, o recente crescimento da produção de gás associado na Bacia de Santos tem contribuído com parcela expressiva do total nacional – 67% em 2020, valor 118 vezes superior ao observado em 2008. Em relação às reservas provadas, Santos também detém a maior parcela – 60% do país. Vale ainda destacar os volumes contidos em Solimões e Parnaíba, apresentando um potencial de crescimento e atração de novos investimentos.