Observatório do Setor

 

Atualmente, o Brasil ocupa a 23ª posição em reservas mundiais de petróleo e gás, com um volume de 16 bilhões de barris equivalentes de petróleo. Reservas Provadas dependem de análise geológica e estimativa comercial de desenvolvimento de reservatórios, com grau elevado de certeza. Portanto, dependem de características técnicas e econômicas para sua contabilização. Além disso, as reservas prováveis, cuja probabilidade da quantidade recuperada ser igual ou maior ao estimado deve ser de ao menos 50%, e possíveis, cuja probabilidade deve ser de ao menos 10%, somam mais 12 bilhões de barris equivalentes de petróleo.